Avaliação do Tópico:
  • 2 Voto(s) - 5 em Média
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
Fur And Skin - Pequenina Dançarina
#20
(Continuando...)

(Thoá)—(Mal posso esperar pra mostrar isto pra Risara!...)

Uma hora e meia depois, Bucky desce para o banheiro, sendo surpreendida por Thoá

(Bucky)—O banheiro tá limpo?

(Thoá)—Mais do que a sala de dança, com certeza! A propósito, por que você está enrolada em uma toalha? Você só se despe no banheiro!

(Bucky)—Er... Hum...

(Thoá)—Não precisa inventar estorinha não, tá? Titia Thoá viu tu-di-nho, pela fresta da porta!

(Bucky)—O QUÊ?!?

Nisso, entra Risara.

(Risara)—“O quê” o quê?

(Thoá)—Tá confirmado: Bucky, finalmente, fez do Don-Don o macho dela! Lá na sala de dança!

(Bucky)—THOÁÁÁÁÁÁ!!!

(Risara)—Era previsível.

(Bucky)—Tá, OK, eu e o Don finalmente nos “entrosamos”, mas isso tem a ver com uma melhor interação na dança de duplas. Creio que agora, nós vamos pegar o primeiro lugar em Florianópolis, e...

Os ouvidos sensíveis de Bucky captam sua própria voz em gemidos altos, enquanto Thoá ria e Risara ficava admirada com a “performance”, que tinha sido gravada por Thoá pela câmera do smartphone.

(Bucky)—THOÁ, EU NÃO ACREDITO!!!

(Thoá)—Viu só como o puyuu dele é grandão? Nem sei como ela aguentou!

(Risara)—Pelo Santo Elo, coube tudo! E ela era virgem até um tempo atrás!

Bucky tenta tomar o smartphone das mãos de Risara, que se esquiva magistralmente, mas acaba dando brecha para Don tomar-lhe o aparelho. O humano, rapidamente, tratou de apagar o arquivo.

(Don)—Vocês duas parecem duas crianças. Em especial você, Thoá.

(Thoá)—Você é chato, Don-Don!

(Don)—Sou mesmo. Respeitem a nossa privacidade.

O smartphone é devolvido á égua branca, que ainda fazia aquele bicão. Don e Bucky vão tomar um banho.

(Thoá)—Eles estão no banho?

(Risara)—Estão.

(Thoá)—Então vem pro meu quarto, porque eu salvei o arquivo no meu ordenador.[J1] 

(Risara)—Você é uma capeta, Thoá!

(Thoá)—Sou mesmo.

E enquanto Bucky e Don tomavam banho, já com uma maior intimidade, Risara continuava admirada com a “performance” de Bucky, desta vez em Full HD num monitor de 40 polegadas.

(Thoá)—Ai, ai... Agora que a Bucky pegou primeiro, nem adianta eu querer tirar uma casquinha... Fui besta, devia ter chegado com mais... Er... Como é aquela coisa que um faz que o outro gosta?

(Risara)—“Pegada”. Mas nem adianta me perguntar o que é, eu não entendo nada dessas coisas de suywan. Vai, salva isso aí na pasta oculta antes que eles descubram.
 
A Primeira Vitória a Gente Nunca Esquece.

A passagem foi cara até Florianópolis, até porque o único Autam-Dea que levava para lá ficava em Zomaron, e os lagomorfos já tinham conhecimento das belas praias de Santa Catarina, e superfaturavam o preço da passagem. Fora a passagem de Rippata para Zomaron. Perder não era uma opção!

Em Florianópolis, também, outra vista desagradável. Para ambos, Don e Bucky.

(Don)—Ora... O diabo resolveu tirar férias do Inferno, é? E trouxe sua pombagira favorita com ele, ainda...

(Gunther)—Ao contrário de você, que perde tempo fodendo éguas barranqueiras, eu estou expandindo meus negócios. Já estou no Rio e em Curitiba, e em breve, estarei dominando aqui e Porto Alegre.

(Tomoko)—Fracassado como sempre, né, Don?

(Don)—Ao menos, eu não tenho minha vida nas mãos de ninguém.

(Bucky)—E aí, má perdedora, veio perder de novo, é?

(Kate)—Não para você, suponho. Rumores disseram que você está dançando em par, agora. “Belo par”, esse aí, hein? ‘Tinha coisa melhor não?

(Bucky)—Este aqui (Agarra o braço de Don) é muito melhor do que qualquer tranqueira que você vai conseguir pegar! Isto é, SE conseguir, né, porque uma tribufu como você...

Thoá e Risara tentam, mas não conseguem, esconder o riso. Kate ia avançar, quando Gunther levanta o braço, impedindo o intento.

(Gunther)—Vamos ver o que esse casalzinho é capaz de fazer...

E o ex-líder da Os Mortos se retira, com Tomoko agarrada em seu braço direito e Kate indo pela esquerda.

(Risara)—Agora, mais do que nunca... Perder não é uma opção!

Meia hora depois, as inscrições são confirmadas. Don e Bucky olham a lista de concorrentes, e para seu alívio não viram nem Kate, nem Gunther. Passa-se mais uma hora, já anoitecendo, e a Whiskeria do Leão (O proprietário é mesmo um leão, ooza de Schwarzak, que aproveitou sua aparência física para fazer alusão ao mascote do Avaí FC) já estava lotada. Primeira competição, individual masculina. O vencedor acabou sendo um argentino que dançou a Hey! Pachuco, do filme O Máskara. Segunda competição, individual feminina. Kate, dançando Daddy Cool do grupo Boney M, ganhou por décimos de pontos de uma dançarina catarinense que tinha feito estágio na escola de balé Bolshoi. O fator decisivo foi que a catarinense usou a mesma música e a mesma coreografia com as quais ela tinha ganhado o mesmo torneio no ano passado, contando pontos negativos.

(Bucky)—Não te disse, Don, que é necessário a gente variar sempre? Para minha sorte, os suywan são muito musicais, e tema pra dançar é o que não falta. Mas eu ainda acho que vão rir da gente com essa música que só fala de fruta...

(Don)—O truque é mostrar o inesperado pros jurados. Eles jamais esperariam esta música! Você tá afinada, né?

(Bucky)—Pare de perguntar o óbvio, Don! Eu quero saber se você tá afiado! A gente treinou pouco esta!

A voz do anunciante se fez presente, anunciando os casais, um por um, e cada um dançando suas músicas. Don e Bucky seriam os penúltimos. Assim que foram chamados, tomaram suas posições, e o DJ tocou o Forró da Fruta.





Don tratou Bucky como uma boneca de pano na coreografia, deixando-a um pouco tonta no fim  da apresentação.

Doze minutos depois, o apresentador anunciava:

(Apresentador)—E, em primeiríssimo lugar, com um total de 95,60 pontos... O casal P/G...

(Bucky)—Pfft, perdemos!

(Don)—Quem será esse casal...? PERAÍ...

(Apresentador)—...Bucky e Don-Don!

Surpresos, embasbacados, demora um pouco pra cair a ficha, até as mãos eufóricas de Thoá os empurrarem.

(Thoá)—Vão lá, seus campeões!!!

Recebendo um trofeu, e um vultoso prêmio em dinheiro, Bucky e Don são efusivamente aplaudidos pela multidão que estava lá.
Bucky limpa as lágrimas que teimam em cair de seus olhos, enquanto que Don nem sabe o que falar, apenas aperta forte a mão esquerda de Bucky, temendo que isso não passasse de um sonho. Passado o susto, a euforia, e tudo o mais, no quarto do hotel, Bucky reclama.

(Bucky)—Nunca mais, eu deixo a Thoá nos inscrever! “Casal P/G”?

(Don)—“Don-Don”?!?

(Thoá)—Tão bravinhos, é? Dão uma furunfada que passa!

(Continua...)


 [J1]Como os ooza – e os espanhóis – chamam o computador.


Não corte uma árvore no Inverno; pois sentirá falta dela no Verão.
[Imagem: writer__s_stamp_by_themasterneko-d3d718g.gif][Imagem: brony__stamp_by_blizzykai-d3kvtne.png][Imagem: monster_musume_cerea_stamp_by_venasari-d97gxns.png][Imagem: Gurren_Lagann_Stamp_by_BLUE_F0X.gif][Imagem: my_rosario_vampire_inner_moka_stamp_by_a...6ki62a.png]
[Imagem: CAP.jpg]
Responder


Mensagens neste Tópico
Fur And Skin - Pequenina Dançarina - por Snowmeow - 06-12-2016, 02:52 AM
RE: Fur And Skin - Pequenina Dançarina - por Snowmeow - 09-12-2017, 11:15 PM

Pular para Fórum:


Usuários visualizando este tópico: 1 Visitante(s)